10 min read 

2020 foi um ano de intensa volatilidade em todos os mercados de negociação, e os altos e baixos atraíram muitos novos traders, dentre os quais muitos conseguiram tirar vantagem dessas condições. Porém, à medida que países e empresas estão se recuperando e se adaptando à nova realidade, essas oscilações drásticas de preços não são mais tão comuns. Então, a pergunta que não quer calar é: ainda existem oportunidades a serem encontradas na negociação e, em caso afirmativo, quais são as etapas que posso considerar para começar a negociar on-line em 2021? 

A resposta é sim: a negociação on-line está se tornando mais popular e, mesmo que a intensa volatilidade tenha permanecido em 2020, a possibilidade de resultados consideráveis continua existindo. Então, como começar a negociar em 2021? Se você é um trader iniciante, alguém que descobriu recentemente o mundo da negociação on-line e não sabe quais são os pontos-chave a considerar, você precisa saber um fato importante: decisões precipitadas não trazem nenhum benefício. 

Muitos traders perdem seu dinheiro arduamente ganho nas primeiras semanas de negociação, eles mergulham direto na negociação, sem aprender nada sobre como funciona a negociação. Essa abordagem não trará nenhum resultado positivo, então, em vez de se apressar, reserve um tempo para entender os fundamentos básicos da negociação. Leia nosso guia abaixo, incluindo cinco etapas básicas que você pode levar em consideração caso decida iniciar sua jornada de negociação em 2021.

1. Escolha o seu instrumento de negociação

Ao contrário do que outros possam dizer, escolher o instrumento de negociação certo para você é uma das coisas mais importantes a se fazer quando você está apenas começando. O que você prefere: Ações, Forex, Criptomoedas? Talvez você esteja especificamente interessado em negociar commodities? Ou talvez você não se importe em tentar de tudo.

Independentemente do que você escolher, esta etapa o incentivará a estudar, mesmo que brevemente, sobre todos os instrumentos de negociação que existem. Dessa forma, você saberá o que está disponível para você e quais são os prós e os contras.

2. Escolha a sua corretora e abra uma conta

Isso pode parecer óbvio, mas escolher sua corretora é extremamente importante. Os ativos de negociação disponíveis, taxas, spreads, condições de depósito e retirada dependerão da sua corretora. Existem muitos artigos de comparação sobre diferentes corretoras on-line: compare as corretoras existentes e escolha aquela que melhor se adapta a você.

Registre uma conta e saiba tudo sobre os recursos e instrumentos de análise disponíveis. Certifique-se de compreender a interface e de que ela seja fácil de usar. Isso garantirá um processo de negociação mais suave.

3. Conheça o mercado

Para entender o quadro completo com o que você está lidando, comece acompanhando as notícias do mercado. Recursos como Yahoo Finance, Google Finanças e Investing já devem estar em seus favoritos. Certifique-se de consultá-los diariamente para ficar por dentro das notícias. 

Para entender melhor o básico, você pode verificar os livros de leitura obrigatória para investidores reunidos neste artigo. Os livros são uma boa maneira de se familiarizar com o mundo dos investimentos e da negociação, sem se apressar em fazer grandes depósitos de imediato.

4. Aprenda sobre análise técnica e fundamental 

O que você vê quando olha para um gráfico de preços? Se você vir um preço que sobe e desce, verá apenas uma pequena fração do que está realmente lá. Volatilidade, consolidação, instabilidade, todos esses termos têm um significado e é importante aprender o que realmente faz o gráfico se mover. Analisar o gráfico é uma grande parte da abordagem e do resultado do trader. Sem análise, só podemos adivinhar, e adivinhar não é uma abordagem de negociação válida. 

Dominar a análise fundamental pode dar a você a habilidade de planejar sua próxima negociação depois de ler uma notícia econômica, enquanto a análise técnica de sucesso pode dar a você a capacidade de encontrar padrões no gráfico de preços e tirar vantagem deles antes de qualquer outra pessoa. Aprenda tudo sobre padrões de gráficos, prazos, tipos de gráficos, indicadores e calendário econômico. 

Pode parecer muita informação para assimilar de uma vez, mas você não precisa se assustar. Separe os tópicos e aprenda sobre eles um após o outro. Muita informação pode apenas confundi-lo: é importante ir devagar e prestar atenção ao que você está aprendendo.

5. Prática

Muitas corretoras, incluindo a IQ Option, fornecem uma conta de prática que você pode usar para praticar o tempo que quiser. Não há necessidade de usar dinheiro real, pelo menos até que você tenha uma abordagem de negociação operacional totalmente planejada. Faça muitas negociações e experimente diferentes ativos, períodos, teste diferentes indicadores e descubra o que é melhor para você. Não se esqueça de analisar seus sucessos e fracassos para entender o que deve ser corrigido. 

Outro ponto importante a lembrar é o gerenciamento de riscos. Inclua técnicas de gerenciamento de dinheiro em suas negociações e, posteriormente, certifique-se de executá-las também na conta real.

Conclusão

Nunca é tarde para se tornar um trader, mas é importante entrar neste campo com um conhecimento profundo de como funciona a negociação. É por isso que dedicar tempo para aprender sobre a teoria dos mercados nunca é perda de tempo. A prática extensiva pode permitir que você desenvolva melhores abordagens de negociação, mas sempre mantenha o gerenciamento de riscos em mente e inclua-o ativamente em suas negociações. Teste suas estratégias e não desanime com as falhas, pois elas fazem parte do processo de aprendizagem.

Negocie agora