Tags:
6 min read 

Todo mundo sabe da grande Quebra da Bolsa de Valores de 1929 e como ela levou os EUA à Grande Depressão. Só que isso não é na verdade o que aconteceu. A quebra de outubro de 29 foi precedida por várias quebras menores – e seguida por uma pequena recuperação naquele dezembro.

A Narrativa Emocional e Como Ela Afeta as Mudanças do Mercado

A Dow não atingiu sua menor baixa de todos os tempos até julho de 1932, e somente após vários anos de queda, escândalos de bancos internacionais, e falência de bancos que deflacionaram a economia.

A história financeira é que estava no comando. E ela fez com que os investidores entrassem em pânico e tirassem seu dinheiro do mercado.

As mudanças do mercado se baseia em como os investidores se sentem. E essa narrativa muda todos os dias.

Aqui está o que você precisa observar como investidor.

Instabilidade

Deixando a política de lado, a Dow respondeu positivamente à eleição do presidente Trump. Saltou 2,700 pontos, quase que completamente por causa de suas promessas de retirar regulações sobre Wall Street e sobre os negócios.

Como a Narrativa Mundial Causa Mudanças do Mercado de Ações 

Investigações recentes em sua administração, no entanto, estão começando a levar embora parte disso.

E mais uma vez, não é a política. Quando Hillary Clinton parecia certa para a presidência, a apuração do FBI na investigação de seu e-mail conduziu o mercado 400 pontos para cima num único dia.

A maneira que os investidores reagem às turbulências como o Brexit afetam as mudanças do mercado diretaemnte. Ordem e estabilidade são boas para os negócios.

Escândalo

Como a Narrativa Mundial Causa Mudanças do Mercado de Ações 

Nós todos já vimos: uma celebridade diz algo estúpido no Twitter ou um alto oficial é pego se comportando como um idiota em público, e de repente, os doutores da PR precisam trabalhar para estancar o sangramento. Geralmente conseguem, frequentemente ao fazer com que o empregador corte todos os laços imediatamente.

O mesmo princípio funciona no mundo dos negócios. Mas o dano tem sempre mais probabilidade de ser fatar caso exponha vulnerabilidades do modelo de negócio em si. Uma palavra: Enron.

Competição

Será que a China está superando os EUA no mercado mundial? Depende com quem você está falando. Mas ainda, a percepção está lá, e é isso que conta no mercado. A dívida da China pode ser um obstáculo para seu crescimento, e o investimento americano pode fazer seu próprio PIB subir mais uma vez.

Lembre-se que o Japão tinha taxas de PIB ainda mais altas nos anos oitenta e estava comprando imóveis nos EUA em proporções alarmantes. Depois, más práticas de empréstimos estouraram essa bolha.

Falando nisso…

Bolhas

O mercado inteiro é uma bolha às vezes, e é por isso que temos mercados ascendentes e descendentes.

O sucesso tremendo, paradoxalmente, alimenta uma quebra inevitavelmente. Bolhas são o resultado de novas tecnologias, geralmente, e historicamente acontecem quando ações de certo setor dobram num período de três anos.

Ainda, apenas 10% das bolhas do mercado mundial estouram. Então não acredite em tudo que ouve.

Etapas

Acredite ou não, isso faz a diferença. Por exemplo, investidores geralmente se sentem mais otimistas no início de um novo ano, ou década, ou século, mesmo que essas sejam etapas totalmente arbitrárias que não afetam nada. Os números têm poder emocional, mesmo quando não são atrelados às finanças.

Também é importante saber quando e onde a temperatura do mercado está sendo medida. O calendário é seu amigo.
Sabendo qual é a narrativa emocional quando negociando o ajudará a se manter por cima quando o mercado mudar. Confiança e medo são suas palavras de ordem ao investir – não deixe nenhuma das duas incitá-lo a fazer movimentos drásticos quando você não precisa!

Pratique grátis