6 min read 

No artigo de hoje, falaremos sobre dois padrões comumente usados para detectar possíveis reversões de tendência no gráfico. Esses dois padrões têm a palavra diamante no nome, já que as linhas de tendência que conectam as altas e baixas dos preços formam um diamante.

Formação de topos de diamante

Um padrão de topo de diamante não ocorre com muita frequência, mas quando aparece, pode ser um sinal de uma forte reversão da tendência do ativo. Ele pode ser detectado quando uma tendência de alta começa a se achatar lateralmente.

Então, como é o topo de um diamante? A sequência é a seguinte:

  1. O preço está tendendo para cima;
  2. Ele então começa a flutuar, a princípio, com as máximas ficando mais altas e as mínimas mais baixas;
  3. Depois disso, a ação do preço muda com as máximas ficando mais baixas e as mínimas mais altas;
  4. Normalmente, conectar esses altos e baixos cria uma forma de diamante. Observe que o diamante não precisa ser simétrico. Ele também pode ser ligeiramente inclinado para o lado.
Padrões de Diamante no Gráfico: Como Negociá-los?
Um exemplo de uma formação de topo de diamante

Um sinal para uma entrada para o padrão de topo de diamante é recebido quando o preço rompe a linha de suporte inferior direita (parte inferior do diamante). Isso é a confirmação da reversão do preço. Os traders, dependendo de sua abordagem, também podem aproveitar as flutuações de preço no diamante antes que o preço caia. O que é importante é definir um Stop loss justo no nível de suporte para possivelmente minimizar as perdas potenciais.

Observe que o padrão de topo de diamante é frequentemente confundido com a formação cabeça e ombros. Avalie cuidadosamente os padrões para tomar uma boa decisão.

Padrão de fundo de diamante

Um oposto dos topos de diamante é a formação de fundos de diamante que ocorre após uma forte tendência de queda em um título ou par de moedas.

Padrões de Diamante no Gráfico: Como Negociá-los?
Um exemplo de uma formação de fundo de diamante

A queda do preço no diamante indica que o padrão é um fundo de diamante, não um topo. O diamante representa a luta entre compradores e vendedores no mercado: os compradores empurram os preços para uma nova máxima menor até que a pressão de venda force os preços de volta para baixo. O padrão de alargamento pode continuar por várias oscilações, mas geralmente não dura muito. Um sinal para uma entrada de Compra é o preço romper a linha de resistência para cima. 

No caso de o preço romper o padrão de fundo de diamante para baixo, diminuindo em vez de aumentar, um trader pode começar a procurar outro padrão nesse caso. O trabalho do trader é encontrar diamantes que levem a uma reversão de preço. A chave é negociar com a tendência: seguir os diamantes com uma ruptura para cima em um mercado em alta e uma ruptura para baixo em um mercado em baixa.

Identificar uma forma de diamante no gráfico pode nem sempre ser fácil: o segredo é procurar a forma após uma forte tendência de alta ou de baixa com uma faixa de preço crescente.

Conclusão

Negociar padrões de diamante pode parecer um pouco complicado, pois esta forma requer um olhar atento e muita prática. No entanto, aprender a identificar este padrão pode ser útil tanto para os traders novatos quanto para os mais experientes. Observe que nenhuma estratégia ou padrão de gráfico pode garantir 100% de sucesso, portanto, uma sólida abordagem de gerenciamento de riscos deve ser aplicada.

Negocie agora