11 min read 

Quando você pensa em investir em ações, uma das primeiras decisões que você deve tomar é se será um trader de mercado de curto prazo ou de longo prazo. Com base nisso, você precisará escolher a abordagem que usará em sua rotina diária de negociação.

Para a maioria dos investidores em ações, que buscam um resultado positivo gerado ao longo do tempo, os investimentos de longo prazo podem ser, por exemplo, o caminho a seguir, pois podem permitir gerenciar melhor os riscos, são mais previsíveis e exigem menos gerenciamento em comparação com outros investimentos.

Para alguns investidores que buscam um resultado positivo, no entanto, a negociação de curto prazo pode ser um negócio atraente, mas bastante arriscado. Este tipo de negociação requer uma abordagem ligeiramente diferente do investimento padrão em ações. Certifique-se de ler nossos artigos sobre os fundamentos da negociação de ações explicados e os erros que os traders iniciantes cometem antes de entrar no mundo de alta rotação das negociações de curto prazo.

No entanto, se você está pronto para dar o próximo passo, neste guia, vamos levá-lo pelos fundamentos da negociação de curto prazo. Aqui estão as 3 etapas principais para negociar ações em períodos curtos.

1. Identifique as ações certas

Alguns investidores são muito bons em identificar ações com potencial de longo prazo, mas pode ser mais difícil identificar ações promissoras de curto prazo.

Traders experientes dificilmente mantêm ações por mais de um dia, portanto, ser capaz de prever movimentos de curto prazo é crucial para seus métodos de negociação. Eles também, por exemplo, tendem a escolher setores bem conhecidos e relativamente estáveis, como aqueles em nossa lista das dez maiores empresas em receita.

Existem várias regras para identificar ações com bom potencial de curto prazo:

  • A média móvel de ações específicas nos últimos 15, 20, 30, 50, 100 e 200 dias pode indicar o potencial da ação. Se o valor da ação estiver aumentando exponencialmente, ela pode ser uma boa candidata para um investimento de curto prazo. Da mesma forma, uma ação para a qual a média móvel está se nivelando, pode ser candidata a uma operação de venda. No entanto, isso não é absoluto e pode variar caso a caso.
  • Também é importante que os investidores de curto prazo pesquisem os ciclos do mercado. É possível notar que, desde 1950, a maior parte dos ganhos do mercado de ações ocorreram entre novembro e abril, com o resto do ano relativamente estável. Esse tipo de ciclo é praticamente invisível para o investidor de longo prazo, mas pode ser muito importante para as negociações de curto prazo.
  • Outro componente valioso nas negociações de curto prazo é ter uma boa ideia da tendência do mercado. Por exemplo, para investimentos de curto prazo, ir contra a tendência e comprar quando todos estão vendendo (ou vice-versa) é desaconselhável.

2. Análise técnica

É necessário reconhecer que o resultado das negociações de curto prazo é mais frequentemente construído com base em análises técnicas detalhadas de ações potenciais. Isso é facilmente esquecido por investidores iniciantes, que acreditam erroneamente que ganhos grandes e rápidos podem ser obtidos com ações porque elas são destaque no jornal ou em pesquisas automatizadas de prospecção.

Na verdade, o mercado vai precificar todos os fatores que afetarão uma ação de forma extremamente rápida, e mesmo antes que os investidores de curto prazo possam realizar seu potencial. Os resultados das negociações de curto prazo dependem muito de detectar padrões no desempenho de uma ação que outras pessoas possam não ter detectado.

A análise técnica é uma ótima maneira de codificar e formalizar esse processo investigativo. Ao aplicar um conjunto de princípios repetíveis, esta abordagem pode ajudá-lo a identificar padrões no custo de uma ação que, de outra forma, não seriam notados. Pode ser, por exemplo, que o mercado de smartphones esteja crescendo, mas o desempenho de empresas individuais irá variar amplamente dentro dessa tendência geral. A análise técnica pode revelar esses padrões e ajudar o trader a decidir sobre sua abordagem na negociação de ações de curto prazo.

No entanto, também é muito importante ter em mente que nunca há 100% de garantias.

3. Hedging e gerenciamento de riscos

Gerenciar e restringir o risco é um dos aspectos mais importantes da negociação de ações, mas é ainda mais importante na negociação de curto prazo devido ao perfil de risco aumentado.

Existem várias maneiras de gerenciar os riscos na negociação de curto prazo de ações que devem ser levadas em consideração. Em primeiro lugar, é importante fazer uso de “sell stops” ou “buy stops”, que podem vender automaticamente suas ações quando caem abaixo (ou sobem acima) de determinado preço. Essas ferramentas podem ajudar a proteger uma posição contra reversões do mercado. Para negociação de curto prazo, uma abordagem comum pode ser, por exemplo, definir uma “sell stop” ou “buy stop” dentro de 10% a 15% do preço de abertura.

Em segundo lugar, esteja ciente de que em negociações de alto volume e de curto prazo, as taxas e cobranças podem começar a aumentar rapidamente e, se você não tiver cuidado, elas podem destruir toda a posição. É por isso que as corretoras on-line são populares para negociações de curto prazo: suas taxas são mais baixas. Elas podem cobrar uma pequena taxa por negociação, mas, mesmo assim, você ainda pagará apenas uma média de $ 7 por negociação, em vez de altas taxas de corretagem e comissões.

Finalmente, os traders devem considerar ter um portfólio tão diversificado quanto teriam se estivessem procurando manter as ações por muito tempo. Se alguém quer vender suas ações rapidamente, isso não significa que os princípios básicos de investimento devam ser esquecidos. Como vimos nas indústrias que tiveram um bom desempenho com a pandemia, a implementação de planos alternativos para as flutuações rápidas do mercado é crucial para qualquer estratégia de investimento, incluindo a negociação de ações de curto prazo.

Conclusão

A negociação de ações de curto prazo pode ser uma abordagem adequada para traders experientes, mas deve ser exercida com cautela. Tal como acontece com outros instrumentos de investimento, as técnicas que podem levar a resultados mais elevados são geralmente as mais arriscadas, por isso, é necessário garantir um conhecimento profundo dos princípios da negociação de ações. Antes de tentar obter vantagem com ações de curto prazo, os traders precisam praticar, por exemplo, usando a conta de prática na plataforma.

Negocie agora