11 min read 

Investir no mercado de ações pode parecer intimidador para traders iniciantes. No entanto, essa classe de ativos não é tão assustadora quanto pode parecer e pode ser uma alternativa viável para, digamos, a negociação em Forex. Vamos dar uma olhada no essencial da negociação de ações.

1) O que é uma ação?

Uma ação, também chamada de participação, representa a propriedade fracionária de uma empresa.  Quando você compra uma participação de uma empresa, está comprando um pequeno pedaço da propriedade desse negócio. As empresas levantam capital para suas necessidades de negócios, emitindo ações para o público.

Um trader trabalha no pregão da Bolsa de Nova York

2) IPO

Para angariar capital e estimular um crescimento ainda maior, as empresas que desejam abrir seu capital realizam uma oferta pública inicial (IPO), realizada por meio de uma seguradora e uma bolsa de valores. Investidores institucionais e individuais podem participar da IPO. Após a IPO, a empresa será negociada na bolsa de valores correspondente e todos os investidores poderão comprar e vender suas ações.

As empresas usam o capital levantado para expandir seus negócios. Quando a IPO estiver finalmente concluída, as ações da empresa continuarão sendo negociadas entre compradores e vendedores externos. As ações negociadas durante a IPO são referidas como o mercado de negociação “primário”. As ações negociadas após a IPO entre compradores e vendedores externos são chamadas de mercado de negociação “secundário”.

3) Bolsa de valores

As ações são compradas e vendidas nas bolsas de valores, sendo a Bolsa de Nova York a maior do mundo. Durante a IPO, a bolsa de valores atua como intermediária entre a empresa que emite as ações e o público. Em todos os outros casos, a bolsa atua como intermediária entre compradores e vendedores de ações.

Depois, os traders e investidores da IPO continuam comprando e vendendo as ações da empresa na bolsa, no entanto, a empresa não recebe mais recursos dessa negociação.

4) Ordens

O mercado de ações costumava ser um local físico onde os investidores se encontravam para comprar e vender ações, implementadas em pregões em todo o mundo, por exemplo, em Nova York, Londres e Tóquio. Os preços das ações costumavam ser negociados entre compradores e vendedores em um leilão aberto ao vivo.

Hoje, a maioria das negociações é realizada on-line. As ordens de compra e venda são feitas por meio de corretores que, por sua vez, interagem com a bolsa de valores e executam ordens para investidores. A maioria das ordens de negociação é processada por meio de sistemas eletrônicos e algoritmos que determinam em qual sequência as ordens são executadas.

Bolsa de valores à moda antiga

5) Símbolos ticker

As ações são listadas pelo que é conhecido como “símbolo ticker”, também conhecido como “ticker” ou “símbolo de ação”. Esses codinomes curtos facilitam o processo de pesquisa e comunicação para todas as partes envolvidas na negociação.

Por exemplo, o símbolo ticker “MSFT” refere-se a ações da Microsoft. Esse sistema evita ambiguidades: quando você vê um preço cotado da MSFT ou um artigo de notícias referente a ações da MSFT, pode ter certeza de que ambos se referem ao mesmo ativo, ou seja, as ações da Microsoft.

6) Índices

Os participantes do mercado rastreiam índices conhecidos do mercado de ações como uma indicação do desempenho geral do mercado. Os três mais populares são o Dow Jones Industrial Average (conhecido como Dow), o S&P 500 e o Nasdaq Composite.

O Dow Jones é um índice que monitora o desempenho das 30 principais empresas americanas. O S&P 500 segue as 500 maiores empresas dos EUA por capitalização de mercado. O índice Nasdaq Composite avalia empresas listadas na bolsa Nasdaq e, portanto, é fortemente voltado para o setor de alta tecnologia.

S&P 500 desde 1927

7) Volume de negociação

Volume diário é o volume combinado de todas as negociações realizadas dentro de um dia. Ações com alto volume diário são preferidas pela maioria dos investidores devido ao fato de alto volume ser sinônimo de liquidez, o que significa que os traders podem comprar e vender ações facilmente. Quando o volume é baixo, o investidor pode não conseguir comprar e vender ações quando assim o desejar.

Com o auxílio do boom de infraestrutura tecnológica e riqueza, os volumes de negociação têm crescido rapidamente a cada década.

8) Quando comprar?

Qual é geralmente o motivo para comprar ações? Os investidores compram ações quando acreditam que subirão de preço ao longo do tempo. Você pode ver no gráfico S&P 500 acima que, no longo prazo, os estoques em geral mostram resultados impressionantes. Muitos investidores compram várias ações, criando um portfólio, a fim de controlar melhor a relação risco-retorno.

9) Dividendos

Muitas empresas, especialmente as maduras, pagam dividendos aos acionistas. Um dividendo é uma parcela dos lucros da empresa. Ele é pago regularmente aos investidores, geralmente a cada três meses. Os dividendos NÃO dependem das flutuações do preço das ações.

Embora o preço das ações dependa da pressão de compra e venda, o dividendo depende do desempenho interno do lucro, bem como da política de dividendos. A empresa pode optar por reinvestir todos os lucros em vez de distribuí-los como dividendos.

10) Flutuações dos preços das ações

Os preços das ações podem subir rapidamente por várias razões, incluindo fatores políticos, econômicos, mudanças sociais, desastres naturais, cobertura de notícias, expectativas dos investidores e muito mais.  Os preços gerais das ações flutuam com base em como esses fatores afetam as ações de procura e oferta. Se a oferta exceder a procura, os preços das ações tenderão a cair e, quando a procura exceder a oferta, é esperado que os preços das ações subam.

Ao negociar ações, a dificuldade reside em identificar quando a procura e a oferta no mercado mudarão e até que ponto. Grande parte disso é baseada na psicologia do investidor. Identificar oportunidades de valor fundamental em certas empresas é apenas uma parte da equação. Antecipar eventos externos e sentimentos dos investidores também é essencial para identificar oportunidades no mercado de ações.

Na plataforma IQ Option, você tem a oportunidade de negociar CFDs de ações das empresas mais famosas do mundo. Para fazer isso, clique no botão “Abrir novo ativo” e escolha Ações na lista de opções disponíveis.

À plataforma