7 min read 

Um dos problemas mais comuns enfrentados pelos traders é a negociação em excesso, também conhecida como overtrading. O surpreendente é que muitos traders não sabem que têm esse problema e pouquíssimos deles sabem como superá-lo.

OvertradingA negociação em excesso é basicamente psicológica. Para resolver o problema, primeiro precisamos entender o que o desencadeia. A maneira mais comum de ceder à negociação em excesso é após uma série de negociações bem-sucedidas. Os traders geralmente acreditam erroneamente que quanto mais negociam, mais eles continuarão a ganhar. A negociação em excesso também pode ser desencadeada por emoções negativas, como o medo de perder ou querer compensar a perda de negociações anteriores. Às vezes, os traders podem até abrir uma negociação por puro tédio. E a lista continua.

Negociar mais não significa necessariamente ter mais retornos. Não é nem necessário dizer que esta linha de pensamento pode ser prejudicial ao seu desempenho nas negociações. Seguir as dicas abaixo quando sentir vontade de negociar em excesso pode ajudá-lo a combater esse hábito que custa muito caro.

Pare de microgerenciar a negociação

Você já se viu constantemente adicionando mais dinheiro a uma negociação ou mudando a todo instante as ordens de stop loss (parar perdas) e take profit (recolher lucro)? Talvez seus olhos estejam colados nos gráficos, observando o mercado se movimentar a cada segundo? Você sai em pânico de negociações apenas para descobrir mais tarde que a posição era rentável? Se isso lhe parecer familiar, você pode ser culpado de microgerenciamento. Microgerenciar suas negociações pode limitar seriamente seus retornos.

Você encontrará centenas de artigos on-line destacando a importância de um plano de negociação, e por boas razões. Seu plano de negociação deve ser o resultado de uma análise profunda, estratégias testadas e um sistema cuidadosamente aperfeiçoado. Confie! Se você sair da negociação prematuramente ou mexer com sua configuração, todo o seu trabalho árduo será em vão. Obviamente, é importante manter os olhos abertos para movimentos bruscos do mercado que podem afetar sua negociação, porém, é exatamente para esses casos que existe o recurso stop-loss (parar perdas).

Entediado? Vá para a sua conta de demonstração

BoredPaciência é uma virtude e também é uma das chaves para o sucesso na negociação. No entanto, às vezes é difícil aguardar a possibilidade de entrada ou o sinal que você planejou, especialmente quando o mercado mostra pouco movimento. Quando isso acontece, é natural sentir vontade de pular para qualquer possibilidade de entrada que aparecer, mesmo que você não tenha um plano para isso. Porém, entrar em uma negociação sem saber o que esperar dela pode acabar aniquilando uma grande parte da sua conta.

Se você deseja negociar em condições de mercado insatisfatórias, operar com sua conta de demonstração é uma ótima alternativa. Aproveite essa chance para aprender a reconhecer padrões emergentes, experimentar novos indicadores ou até explorar um novo ativo que você não considerou anteriormente. Negociar é usar seu tempo com sabedoria.

Defina limites semanais

Os traders geralmente são instruídos a definir limites de quanto dinheiro estão dispostos a arriscar em uma negociação. Porém, raramente os traders são recomendados a limitar a frequência com que negociam. Limitar o número de negociações força você a se concentrar em fazer uma negociação da melhor maneira possível. Negocie com uma frequência limitada por semana em vez de gastar horas em negociações que não levam a lugar algum. Em outras palavras, restringir o quanto você negocia ensina a ser mais seletivo em suas entradas, o que, por sua vez, ajuda a evitar a negociação em excesso. Negociar com menos frequência pode ser mais benéfico do que você imagina.

A negociação em excesso é um problema que os traders experientes e iniciantes enfrentam em algum momento de suas carreiras de negociação. Se você sentir que os sintomas da negociação em excesso começam a aparecer, consulte este artigo para ajudá-lo a voltar aos trilhos. Lembre-se: não microgerencie, seja seletivo em suas negociações e, acima de tudo, não ceda ao tédio.

À plataforma