7 min read 

Os Padrões de Cunha se formam dentro de um mercado de tendências e geralmente levam à continuação do movimento dos preços no longo prazo. Leia o artigo completo para saber como os Padrões de Cunha são negociados.

O que é o Padrão de Cunha?

Um dos pilares da análise técnica é a ideia de que a mentalidade do mercado é semelhante à da multidão, que os movimentos de preços geralmente se repetem e que esses movimentos são identificáveis e previsíveis. Segundo analistas técnicos, uma maneira de prever o futuro é com os padrões. Um desses padrões é o Padrão de Cunha. O Padrão de Cunha aparece em um mercado de tendência e é considerado por alguns como o sinal de uma continuação de tendência de longo prazo.

Como é um Padrão de Cunha? Ele se parece com um triângulo oblíquo. Um Padrão de Cunha é formado quando o canal no qual o preço do ativo flutua se torna mais estreito. Geralmente, leva mais tempo para que uma cunha apareça completamente no gráfico de preços do que um triângulo, e a magnitude do padrão será muito maior. Por exemplo, em um gráfico diário, uma bandeira ou uma bandeirola pode levar de alguns dias a algumas semanas para se formar. A cunha pode levar muitas semanas para se formar.

Negociando o Padrão de Cunha
Padrão de Cunha no mercado altista

A magnitude é muito importante com esse padrão específico e com qualquer padrão técnico em geral. Basicamente, a magnitude é o tamanho do padrão. A magnitude é importante porque é usada para estimar metas de pagamento uma vez que o padrão é quebrado.

Como ele é formado?

Uma cunha é construída pelos movimentos de gangorra do preço entre os limites superior e inferior do canal de preços. Ela é causada pela diferença entre a pressão de compra e venda. No caso de uma tendência de alta, os preços podem atingir um pico em que os traders de alta fecham suas negociações com um saldo positivo ou quando os traders de baixa abrem novas negociações. Após a liquidação inicial, que pode durar de uma a várias semanas, os traders de alta voltam ao mercado para aproveitar os preços relativamente baixos. A ação do preço retornará a outro pico. No entanto, desta vez o pico será menor devido à crescente presença de traders de baixa.

Os movimentos de preços para frente e para trás representam a luta entre altistas e baixistas.No caso de um mercado dominado por altistas, os compradores são apoiados por fundamentos, enquanto os baixistas são movidos por seus medos. Eventualmente, os altistas ultrapassarão os baixistas porque têm força em número (os altistas tendem a ser mais numerosos em quase todos os mercados). Quando isso acontece, os preços podem romper o padrão de cunha e continuar subindo. A ruptura é um sinal de entrada. No entanto, é um sinal que deve ser confirmado por outros indicadores.

Como negociar com ele?

A resposta é “com muito cuidado”, pelo menos até encontrar a ruptura. Quando a ruptura é iminente, a continuação da tendência predominante pode ser esperada. Antes da ruptura, os traders podem tirar proveito das oscilações de preço que se formam dentro da cunha para oportunidades de negociação de curto prazo.

Negociando o Padrão de Cunha
A tendência positiva continua após a ruptura

Agora, como esse padrão está relacionado a outros padrões? Como já mencionado, o Padrão de Cunha leva tempo para se desenvolver, e geralmente esse tempo é muito mais longo que o dos padrões semelhantes de bandeira ou triângulo. Aqui estão as boas notícias: como curto e longo prazo são relativos, uma cunha em um gráfico pode ser tratada como um padrão de triângulo em outro. Você pode pensar assim: uma bandeira ou um triângulo em um gráfico semanal é um sinal de curto prazo para esse gráfico, mas quando você trata o gráfico como um gráfico de longo prazo, o sinal se torna um sinal de longo prazo. Uma bandeira ou uma bandeirola em um gráfico diário, quando trazida à luz em um gráfico horário, pode se transformar em um Padrão de Cunha.

Negocie agora