9 min read 

Como alguém se torna o homem mais rico da Terra? Seria sua educação, experiência, sorte ou um pouco de tudo? As histórias daqueles que não nasceram ricos, mas criaram seu próprio império, são sempre incrivelmente interessantes e muitas vezes muito inspiradoras.

A história de Jeffrey Preston Bezos não é exceção: sendo o fundador e CEO da Amazon, ele desenvolveu uma carreira que o levou ao sucesso atual. Aos 56 anos, ele é a pessoa mais rica do mundo pelo terceiro ano consecutivo. Em 2018, seu patrimônio líquido ultrapassou US$ 200 bilhões. Atualmente, ele está avaliado em US$ 175,3 bilhões. Aqui está a história inspiradora da pessoa mais bem-sucedida de nosso tempo.

Primeiros anos

Jeffrey Jorgensen nasceu no Novo México, em uma família composta por uma estudante de 17 anos e pelo dono de uma loja de bicicletas. Vários anos depois, seus pais se divorciaram e sua mãe se casou novamente. Seu novo marido, Miguel Bezos, adotou o menino cujo sobrenome foi alterado para Bezos. A família mudou-se para Houston, Texas, onde Jeff frequentou a escola primária e depois para Miami, Flórida, onde cursou o Ensino Médio. Enquanto estudava no Ensino Médio, Jeff também trabalhou no turno do café da manhã no McDonald’s. Uma grande inspiração para Bezos foi seu avô, em cujo rancho ele passou muitos verões. Em 2010, ele disse que seu avô lhe ensinou que “é mais difícil ser gentil do que inteligente”.

Bezos era fascinado pelo espaço e sempre quis ser um empresário espacial. Ele mostrou interesse e grandes habilidades em ciência e tecnologia e se formou na Universidade de Princeton como bacharel em engenharia. Além disso, como um aluno extraordinário, ele era membro da fraternidade Phi Beta Kappa, uma prestigiosa sociedade de honra acadêmica. Sua brilhante educação e trabalho árduo abriram muitas possibilidades para sua carreira.

Carreira

Depois de se formar, Bezos recebeu ofertas de empregos em empresas como Intel e Bell Labs e trabalhou em sua área em Wall Street. Em 1994, ele se tornou vice-presidente sênior da DE Shaw & Co, um fundo de investimento, aos 30 anos. Sua carreira já era bem-sucedida e lucrativa, mas ele decidiu “fazer essa loucura”, como definiu em sua entrevista de 2001: sair e abrir sua própria empresa. O que o fez deixar sua carreira estável e dar esse salto arriscado?

Como Bezos explica, várias coisas o ajudaram a tomar a decisão. A ideia de abrir uma empresa de comércio eletrônico veio a ele depois de saber que o uso da Web estava crescendo 2300% ao ano, o que era quase inacreditável, nenhum outro campo estava crescendo tão rápido. Bezos viu a possibilidade de entrar em uma indústria com potencial quase ilimitado. Outro fator importante em seu processo de tomada de decisão foi o desejo de, como ele chama, “minimizar uma série de arrependimentos” em sua vida: ele não queria perder uma oportunidade e se arrepender muitos anos depois.

Amazon

Bezos abriu a empresa em 1994, em sua própria garagem, após escrever o plano de negócios inicial na viagem de Nova York a Seattle, para onde se mudou com a família após deixar o emprego. Jeff parou em San Francisco e entrevistou vice-presidentes de engenharia para obter ajuda dos melhores da área e fazer sua contratação inicial. Depois de desenvolver as etapas iniciais, Bezos aceitou um grande investimento de seus pais na empresa e lançou uma livraria on-line chamada Amazon.

Como afirma Bezos, quando a loja foi inaugurada em 1995, ele e sua equipe ficaram absolutamente chocados com a resposta que receberam dos clientes: no primeiro mês, eles receberam pedidos de todos os 50 estados e 45 países diferentes. Portanto, a empresa teve que se ajustar rapidamente e se transformar em um armazém de mais de 185 metros quadrados. Nos anos seguintes, a empresa cresceu e sua linha de produtos se expandiu. Em 2013, a Amazon se tornou a maior varejista de compras on-line do mundo. 

Blue Origin

Fascinado pelo espaço, Bezos fundou outra startup, a Blue Origin, que costuma ser comparada à SpaceX de Elon Musk. Ambas as empresas estão trabalhando para tornar a viagem ao espaço mais acessível e econômica. Atualmente, a Blue Origin está trabalhando no desenvolvimento de um módulo de pouso lunar, bem como em outros projetos para passageiros comerciais viajarem para o espaço.

Perspectiva de vida e liderança

Embora Bezos tenha definitivamente tido sorte em muitos aspectos, incluindo sua educação e criação, sua perspectiva e abordagem de negócios são impressionantes. Em entrevistas, ele frequentemente menciona sua filosofia de vida:

Eu queria me projetar 80 anos para o futuro e dizer, ‘ok, estou olhando para a minha vida e quero minimizar uma série de arrependimentos que tenho’. Eu não iria me arrepender de ter tentado participar dessa coisa chamada Internet. E se eu falhasse, não me arrependeria. Mas uma coisa de que me arrependeria é nunca ter tentado. Eu sabia que isso iria me assombrar todos os dias.” – Jeff Bezos.

Bezos propôs o “Get Big Fast”, o lema da Amazon que reflete o zelo da empresa e seu rápido desenvolvimento. Embora haja muita especulação sobre a cultura corporativa da empresa, ela ainda permanece líder no mercado de e-commerce.

Conclusão

A história de sucesso da Amazon e as conquistas pessoais de Jeff Bezos são incrivelmente comoventes e motivadoras. Se há algo que todos nós poderíamos aprender com ele, é confiar em nossa visão e instintos e permanecer o mais trabalhador e orientado possível. Todos podem encontrar um pouco de inspiração no sucesso de Bezos.

Quem é a pessoa que mais te inspira? Deixe-nos saber nos comentários abaixo.

Negocie a Amazon