3 min read 

Na semana passada, a ata da reunião de representantes do Comitê de Mercados Abertos nos EUA foi publicada, e foi declarado que não se deve esperar um aumento nas taxas de juros no futuro próximo nos Estados Unidos, já que os riscos de aceleração da inflação permanecem, e provavelmente haverá algum abrandamento no crescimento do PIB da economia mundial.

image01

Por isso, é extremamente importante entender como será a alteração dos dados do PIB dos EUA. Se estiverem melhores que o esperado, terão um impacto positivo sobre o dólar americano.

No geral, a economia dos EUA está num bom nível em termos dos principais indicadores econômicos.
A taxa de desemprego permanece bem abaixo do 6,0%:

image04

O rendimento dos títulos do governo dos Estados Unidos com prazo de vencimento de 30 anos permanece num nível extremamente baixo, o que indica um risco também muito baixo:

image03

No entanto, com a aceleração da inflação permanecem algumas dificuldades, e com elas os riscos econômicos. Em julho, foi fixada a inflação zero e o índice de preços ao consumidor também caiu ligeiramente em termos anuais.

image11

Isso não proporcionou ao governo a oportunidade de colocar todos planos em prática, por exemplo, vem sendo constantemente adiada a decisão de aumentar a taxa de refinanciamento.

Gráfico EURUSD:

Gráfico EURUSD

No gráfico D1 EURUSD, observa-se uma situação muito interessante – o dólar vem perdendo um pouco de terreno frente à moeda única europeia e a cotação recuperou-se do nível de resistência na semana passada.

O indicador de análise técnica “Oscilador de Bill Williams” (Oscilador Maravilhoso) indica que a tendência de alta continua, por isso é provável outro teste do nível de suporte no gráfico.