9 min read 

Como a pandemia afeta os mercados financeiros internacionais e como você deve negociar na atual era de incertezas? Essas não são as únicas perguntas a que tentaremos responder neste artigo. Leia este artigo para saber como você pode ajustar suas técnicas de negociação à pandemia causada pelo novo coronavírus.

O que está acontecendo?

O novo coronavírus afetou os mercados financeiros globais de várias maneiras. É difícil dizer agora, enquanto a pandemia ainda não terminou, até que ponto, mas definitivamente o impacto é real. O S&P 500 perdeu mais de um terço de seu valor entre 19 de fevereiro e 23 de março. O Dow Jones Industrial Average perdeu ainda mais (até 36%) no mesmo período. Embora tenham voltado ao caminho do crescimento, ambas as métricas indicam uma ruptura tremenda na economia global, não observada nos últimos 5 anos. Mais do que isso, as consequências econômicas da mais recente pandemia mundial podem não se limitar a isso. Ainda pode haver efeitos não descobertos ou atrasados que serão trazidos à luz mais tarde.

O S&P 500 perdeu um terço de seu valor em apenas 1 mês

Apesar da recente recuperação, ainda há uma chance de uma crise financeira completa ser desencadeada pela desaceleração econômica na China, Estados Unidos e Europa. É bem provável que o PIB global deste ano seja afetado.

O que esperar?

Segundo a Roland Berger, uma agência de consultoria independente europeia, o cenário de “Recuperação rápida” já está fora de questão. Seus especialistas também acreditam que a interrupção durará de 4 a 12 semanas. A China está mais além da curva do coronavírus, sua economia está de volta aos trilhos (pelo menos, segundo o próprio governo chinês). A Europa e os Estados Unidos, por outro lado, ainda não entenderam completamente os efeitos da COVID-19. A recuperação deles levará algum tempo.

Certas indústrias serão atingidas ainda mais que a economia em geral. Companhias aéreas, turismo e varejo (excluindo empresas de produtos de grande consumo, as FMCG) serão as áreas mais afetadas. O mesmo se aplica às indústrias automotiva, logística e de petróleo/gás. Os serviços financeiros, pelo contrário, serão muito menos afetados. Ainda assim, as consequências da pandemia serão sentidas por todas as indústrias em certa medida. Definitivamente, a economia global levará algum tempo para voltar aos trilhos.

O Impacto do novo coronavírus no PIB, 2 cenários

Os especialistas da Roland Berger também acreditam que, na pior das hipóteses, a pandemia desencadeará uma crise global. Nesse caso, o PIB demonstrará um crescimento de 0,3% na China em 2020 e diminuirá 9,3% na Europa e 10,4% nos Estados Unidos. Não importa qual cenário seja verdadeiro, é obrigação do trader estar preparado para o que está por vir.

Como ajustar sua estratégia?

Agora que você já sabe que a pandemia causada pelo novo coronavírus está afetando a economia global de várias maneiras, como você poderia ajustar sua estratégia de negociação? Como trader, você deve saber como gerenciar seu capital de negociação e especular sobre a volatilidade.

Vale lembrar que os mercados estão muito mais sensíveis às notícias negativas no momento. Qualquer sinal de fraco desempenho financeiro pode alterar a mente dos investidores e destinar o ativo para uma queda.

Aqui está o que você pode fazer ao negociar CFDs de ações durante a pandemia:

  • Siga atentamente todas as notícias associadas a uma empresa em particular. Neste momento, quando o nível de incerteza é particularmente alto, todos os anúncios negativos podem prejudicar o preço das ações. Para certos setores, demissões em massa e crescimento negativo podem ser esperados.
  • Você pode ficar atento a empresas com fundamentos sólidos e preços em queda, pois elas têm potencial de recuperação.
  • Você pode considerar abrir posições vendidas para empresas cujo preço você sabe que irá cair.

Aqui está o que você pode fazer ao negociar Opções e Forex durante a pandemia:

  • Você pode acompanhar de perto todas as notícias associadas a um país em particular. A crescente presença da COVID-19 pode afetar negativamente a taxa de câmbio das moedas nacionais dos países afetados, não necessariamente devido às suas consequências demográficas, mas por conta da estagnação econômica.
  • Você pode considerar negociar moedas de países que não são afetados pela pandemia.

Não importa qual técnica de negociação você use e como a ajuste aos eventos recentes: é importante cumprir as regras básicas de gerenciamento de riscos. Por exemplo, você pode evitar alocar mais de 2% do seu capital de negociação.

Também é importante manter suas emoções sob controle. Não esqueça os princípios postulados por Benjamin Graham em seu livro “O investidor inteligente” (“The Intelligent Investor”). De acordo com esses princípios, o investidor inteligente não se apressa em vender durante a crise e hesita em comprar durante o boom. O que vemos agora é um exemplo claro do primeiro caso: muitas pessoas entram em pânico, vendem seus ativos, o que não é uma estratégia ideal durante a crise. De acordo com o princípio “comprar na baixa, vender na alta”, uma desaceleração pode ser uma boa oportunidade para os investidores comprarem os ativos de sua escolha com desconto. É algo que vale a pena lembrar ao abrir uma negociação na plataforma.

Fonte: Latest update of our corona economic impact series

À plataforma