Tags:
5 min read 

Temporizar corretamente uma posição de venda pode ser difícil. Pode até ser a coisa mais difícil de fazer na negociação. Pode fazer toda a pesquisa que desejar, ter o seu argumento e ser provado correto, mas se não temporizar ou estruturar a sua negociação, pode acabar por sofrer com a sua posição.

O problema com as posições de venda é a proporção entre o risco e a recompensa. Teoricamente, uma posição curta tem potencial de perda ilimitada e uma recompensa máxima muito definida. Uma ação pode, teoricamente, ir para níveis infinitos para o lado positivo, mas apenas até ao 0 em termos negativos. Também está a lutar contra compradores e investidores que costumam ter uma visão oposta à sua, e um interesse em ver que está errado.

Michael Burry’s “Big Short”A posição de venda mais famosa, o “Big Short” de Michael Burry contra o mercado imobiliário dos EUA, foi uma história da pesquisa correta, mas uma temporização errada. Se não fosse pela convicção e força de Burry, ele e os seus investidores perderiam um dos maiores negócios de uma geração. A maioria dos personagens na história enfrentou o mesmo dilema…

Eles sabiam que estavam certos, mas que estavam a fazê-lo cedo de mais. Eles passaram por todos os ensaios e tribulações de saberem que estavam certos, mas acabarm por ser ignorados pelo mercado durante meses. Como negociador comercial, estar no lado errado de uma posição de venda pode sair caro, bem como ser mentalmente fatigante. É ainda pior se acabou por estar certo, mas ficou abalado.

Temporizar a posição de venda

A maneira mais fácil de abrir uma posição de venda em uma ação é vender as ações em si. Estas serão emprestadas pelo seu corretor, que geralmente incorre em uma taxa de algum tipo (semelhante a uma taxa de juros). Vender um ativo do subjacente é uma maneira fácil de obter exposição direta, no entanto, a temporização e o dimensionamento da posição são muito difíceis. Escolher o seu ponto de saída se estiver errado torna-se muito difícil quando está em uma posição de venda.

Usar opções para negociar no lado negativo é outra maneira de assumir uma posição. Comprar uma opção de venda oferece ao negociador um valor de risco definido (só pode perder o que investiu ao abrir a posição), enquanto lhe dá flexibilidade para definir uma data e um preço alvo.

Analisando o exemplo da Tesla (TSLA). Existem muitos negociadores que acreditam que a Tesla é um ótimo instrumento para posições de venda, no entanto, é extremamente difícil temporizar essa posição corretamente.

Tesla graph

Se pretende vender ações da Tesla e tem um objetivo de preço de 100$, poderia considerar uma opção de venda (12-24 meses até o termo), o que lhe permite superar a volatilidade no preço das ações ao longo do tempo enquanto define o seu risco para o preço que investiu na compra na opção. A Tesla poderia facilmente alcançar os 400$ nos próximos seis meses, antes de se mover negativamente até ao seu preço alvo.

A temporização é tudo quando se trata de posições de venda. Ao usar opções, adquire uma margem muito maior de erro em termos de temporização e preço.

Negocie aqui