6 min read 

Você provavelmente já ouviu mais de uma vez que é essencial diversificar seu portfólio de negociação com ativos diferentes. Mas o que significa diversificar e por que exatamente você deveria fazer isso?

A diversificação é um processo de adicionar ativos não relacionados ao seu portfólio de negociação. Ativos correlacionados, não importa quão criteriosamente selecionados, fornecerão resultados semelhantes em condições de mercado similares. Estes últimos representam um grau adicional de risco. Imagine todas as posições abertas caindo de uma só vez. Isso não é algo que você quer de um portfólio bem equilibrado. Um ativo não relacionado, por outro lado, fornecerá resultados diferentes após um evento em particular e há uma chance de que, enquanto um de seus ativos estiver em baixa, o outro suba.

O gerenciamento de riscos, portanto, é a principal razão para diversificar, mas não é a única. Leia mais sobre as três razões abaixo.

1. Gerenciamento de riscos

O gerenciamento de riscos é provavelmente a primeira coisa que vem à mente quando se fala em diversificação de portfólio. De fato, ao negociar ativos não relacionados, você reduz suas chances de perder uma quantia considerável de dinheiro de uma só vez devido a um único evento negativo. Imagine manter todo seu dinheiro em ações automotivas, como a Tesla, a General Motors, a Ford Motor Company etc. Neste caso, quando todas as fabricantes de automóveis dos Estados Unidos forem subitamente atingidas por tarifas restritivas de outros países, suas ações cairão de preço, tudo de uma só vez.

A diversificação de portfólio visa a resolver exatamente esse problema. Quando você investe em ativos não relacionados, suas chances de perda diminuem drasticamente. E ainda assim, é possível levar a coisa toda um passo adiante. Em vez de comprar e vender ações diferentes, você poderia negociar diferentes classes de ativos, por exemplo, pares de moedas, CFDs de ações, índices, commodities etc., pois isso poderia diversificar ainda mais seu portfólio.

2. Novos horizontes

Muitos traders, inclusive os mais bem-sucedidos, concentram-se em um tipo de ativo. George Soros é excepcionalmente bom em negociar moedas, enquanto Warren Buffett fez sua fortuna investindo em ações. Da mesma forma, há traders que trabalham principalmente com metais preciosos, petróleo, fundos negociados em bolsa (ETFs) etc. Sua estratégia de negociação é fortemente influenciada por sua personalidade, e diferentes ativos podem gerar resultados diferentes, dependendo da estratégia de negociação usada. Para descobrir qual ativo se adequa ao seu estilo e estratégia de negociação, primeiro você deve experimentar o maior número deles possível. Você pode experimentar diferentes instrumentos pelo menos uma vez, pois isso pode ampliar muito sua experiência de negociação e ajudá-lo a encontrar o tipo de ativo mais adequado a você.

3. Negociação ininterrupta

Nem todos os ativos são negociados 24 por dia, 7 dias por semana. O Forex, por exemplo, só está disponível de segunda a sexta-feira (mas pelo menos pode ser negociado durante a noite). As ações, por outro lado, são negociadas durante horários específicos, quando uma bolsa de valores correspondente está operando. A Tesla, listada na bolsa de valores NASDAQ, só pode ser negociada entre as 9:30 e as 16:00. Fuso horário do Leste. O mesmo se aplica a outras empresas e fundos negociados em bolsa.

Ao diversificar seu portfólio, você pode negociar quando o principal ativo de sua escolha não estiver disponível. Digamos, se você é um fã de ações, você pode negociá-las durante o horário de mercado e, em seguida, mudar para Forex quando a bolsa de valores estiver fechada. Enquanto um dos ativos está indisponível, o outro pode estar prontamente disponível para negociação e você não perderá as oportunidades de negociação que o mercado tem a oferecer.

À plataforma

OBSERVAÇÃO: Este artigo não é um aconselhamento de investimentos. Quaisquer referências a movimentos ou níveis históricos de preços são meramente informativas e baseadas em análises externas, e não garantimos que tais movimentos ou níveis provavelmente se repitam no futuro. Em conformidade com os requisitos da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA), a negociação de opções binárias e digitais só está disponível para clientes categorizados como clientes profissionais.


AVISO GERAL DE RISCOS:


CFDs são instrumentos complexos e trazem consigo um alto risco de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 76% das contas de investidores de varejo perdem dinheiro quando negociam CFDs com este provedor. Você deve considerar se entende como os CFDs funcionam e se você pode correr o risco de perder seu dinheiro.