6 min read 

As linhas de Fibonacci são uma poderosa ferramenta de análise técnica que pode ser aplicada a tendências descendentes e ascendentes, todos os ativos e prazos. A ferramenta é representada em um gráfico de preços como uma coleção de linhas horizontais que correspondem a índices de Fibonacci de 23,6%, 38,2%, 50%, 61,8% e 100%. Ela é usada para determinar os possíveis níveis de suporte e resistência. A ferramenta tem o nome de um matemático italiano do século XIII, Fibonacci, e da sequência matemática que recebeu seu nome.

Como Usar as Linhas de Fibonacci na Negociação?

Para usar essa ferramenta efetivamente, primeiro precisamos entender o que os níveis de suporte e resistência representam. Os níveis de suporte e resistência são barreiras psicológicas que se acredita serem testadas pela ação do preço enquanto se move em uma direção específica. Ao se aproximar de um dos níveis, pode-se esperar que a tendência continue seu movimento ou recue e retroceda. Certos especialistas acreditam que as reversões de tendência ocorrem com mais frequência nas linhas de retração.

Como Negociar com Retrações de Fibonacci?
A retração faz parte de uma tendência maior

Uma retração é um movimento de preços de curto prazo que contraria a tendência geral, e as Linhas de Fibonacci são excelentes na identificação desses momentos. A ferramenta pode ser usada para determinar oportunidades de compra e venda. Durante a tendência de alta, a Retração de Fibonacci pode ser usada como um sinal de compra durante o recuo. Durante a tendência de baixa, as Linhas de Fibonacci podem ser usadas para determinar posições ideais de venda a descoberto. Alguns traders acreditam que o nível mais importante de retração a ser seguido é 61,8, o que também pode ser explicado pela psicologia básica do mercado. A possibilidade de oscilações de preços nessa área é maior devido à pressão de compra ou venda extensiva (dependendo da direção da tendência). Lembre-se de que a retração pode ser confundida com uma reversão de tendência, o que, por sua vez, pode afetar negativamente seu desempenho na negociação.

Como Negociar com Retrações de Fibonacci?
Os pontos onde a ação do preço tropeça nas linhas de Fibonacci são marcados em amarelo

Também é aconselhável acompanhar as linhas de Fibonacci com um dos indicadores de ímpeto (por exemplo, Oscilador Estocástico ou MACD).

Configurar e aplicar

Configurar o indicador é simples.

1. Clique no botão “Ferramentas gráficas” e escolha “Linhas de Fibonacci” na lista de ferramentas disponíveis.

Como Negociar com Retrações de Fibonacci?

2. Encontre os swing highs (altas com duas altas mais baixas ao seu redor) e os swing lows (baixas com duas baixas mais altas ao seu redor) mais recentes. Para tendências de baixa, clique no swing high e arraste o cursor para o swing low mais recente. Para tendências de alta, faça o oposto: clique no swing low e arraste o cursor para o swing high mais recente.

3. Os níveis da Retração de Fibonacci aparecerão no gráfico de preços.

Conclusão

A Retração de Fibonacci é uma interessante ferramenta de análise técnica com funcionalidade limitada, mas útil. As linhas de Fibonacci ajudam a identificar pontos de entrada ideais durante as chamadas retrações. Os traders, no entanto, devem ter em mente que os níveis de suporte e resistência fornecidos pela ferramenta nem sempre são infalíveis. Em vez disso, eles representam “áreas de interesse”. A Retração de Fibonacci não fornece informações suficientes para usá-la como indicador principal, mas pode se tornar uma ferramenta complementar útil para a tomada de decisões de médio e longo prazo.

Negocie agora