6 min read 

A abundância de escolha entre vários tipos de opções pode confundir a cabeça do trader. Como se pode decidir qual o instrumento de trading certo para você? Não se preocupe: nós preparamos um guia abrangente que irá ajudá-lo a fazer a escolha certa.

De volta ao básico

Vamos começar do começo ao definir o que é uma opção em seu sentido geral:

Uma opção é um contrato que dá ao detentor o direito (mas não a obrigação) de comprar ou vender uma unidade de um ativo de base a um preço específico em uma data específica.

Uma opção com o direito de comprar a um preço específico é referida como “Acima”, enquanto uma opção para vender é conhecida como “Abaixo”. O objetivo básico, porém, é o mesmo para ambos tipos: lucrar na diferença entre os preços de compra e de venda.

Opções podem ser divididas em vários estilos (conhecidos como ‘famílias’), com vasta maioria sendo classificada como estilo Europeu ou Americano.

Opções Europeias x Americanas

Esses dois tipos de opções compartilham muitas características similares, mas são suas diferenças que mais importam:

O direito de exercer

Opções no estilo americano permitem que o detentor exerça o contrato a qualquer momento antes da expiração da opção, enquanto as opções europeias só podem ser executadas a partir de certo momento (maturidade). Esta é a principal diferença entre os dois tipos, e é também o que afeta seus preços. Opções europeias geralmente custam menos do que suas parceiras americanas, porque a segunda permite maior flexibilidade.

Tipos de ativos

Quase todas as opções sobre ações são americanas, enquanto os índices são geralmente representados nas opções europeias.

Opções Tradicionais x Clássicas

O principal ponto de distinção que temos que ter em mente imediatamente é que ambas opções americanas e europeias são do tipo “tradicional”, no sentido de que são contratos físicos, enquanto Opções Clássicas são contratos pela diferença (“CFDs”). Ambos são instrumentos comerciais derivativos, mas contratos físicos implicam que o negociante de fato compre e venda os ativos de base, e um CFD permite simplificar o lucro a partir da amplitude do movimento do preço e o contrato não pode ser utilizado para adquirir ativos de fato.

Agora que tiramos a dúvida do caminho, vamos comparar opções tradicionais e clássicas em 3 parâmetros padrão:

 Opções TradicionaisOpções Clássicas
Volume do contratoMin. 100 opçõesMin. 1 opção
ComissõesTodas as opções estão sujeitas a comissões e taxas dos brokers.Sem comissões ou taxas quando negociando com a IQ Option.
RetornoNão há retorno do custo do contrato mesmo se ele nunca for executadoO cliente pode receber seu investimento de volta fechando a posição no ponto de equilíbrio antes da expiração do contrato.

 

Como você provavelmente percebeu, as Opções Clássicas têm várias vantagens sobre ambas opções americanas e europeias. Mas sua maior vantagem ainda é a acessibilidade: enquanto opções americanas e europeias só podem ser comercializadas em volumes grandes nas bolsas de valores, as Opções Clássicas estão disponíveis a todos através da plataforma comercial IQ Option.

Você já negociou opções Americanas, Europeias ou Clássicas? Divida a sua experiência nos comentários abaixo.

À plataforma