7 min read 

Este é um curso intensivo para traders iniciantes. Você quer aprender sobre 5 indicadores diferentes, como aplicá-los e entender como funcionam, tudo em menos de 5 minutos? Então, vamos lá!

1. Média Móvel (MM)

Este é um indicador de tendências que é usado para suavizar o ruído no gráfico de preços e determinar potenciais tendências de alta ou baixa. Um sinal de uma tendência de alta ocorre quando o gráfico cruza a linha de baixo para cima. Quando o gráfico cruza a MM de cima para baixo, isso pode sinalizar uma tendência de baixa. As Médias Móveis podem ser combinadas com qualquer oscilador e podem ser usadas com eficácia em muitas estratégias de negociação.

Exemplo: as velas cruzam a MM de baixo para cima, ou seja, um sinal de alta

2. Alligator

Este indicador consiste em três Médias Móveis com diferentes períodos: muitas vezes chamadas de mandíbula (linha vermelha), dentes (linha laranja) e lábios (linha amarela) do Alligator. O indicador mostra períodos sem tendência quando as bandas são laterais e mostra tendências emergentes quando as linhas se afastam uma da outra (a boca do Alligator se abre). Um sinal de compra é recebido quando os lábios cruzam os dentes para cima. Se os lábios cruzarem os dentes para baixo, isso pode ser um sinal de tendência de baixa.

Exemplo: os lábios cruzam os dentes para cima, a boca do Alligator se abre à medida que a tendência surge

3. Convergência e Divergência de Médias Móveis (Moving Average Convergence Divergence – MACD)

O objetivo deste indicador é detectar tendências emergentes. Ele consiste em duas linhas: uma Média Móvel mais rápida (cor azul) e uma Média Móvel mais lenta (cor laranja). As barras verdes e vermelhas mostram a diferença entre as duas MMs. Existem muitas abordagens usadas com o MACD. Um dos sinais é quando a linha azul cruza a linha laranja: se o cruzamento for para cima, isso pode sinalizar uma tendência emergente de alta. Se o cruzamento for para baixo, o preço pode estar se depreciando.

Exemplo: o MACD está mostrando um cruzamento de baixa, o que confirma a tendência de queda

4. Índice de Força Relativa (IFR)

O IFR é um indicador oscilador usado para determinar a força da tendência, bem como possíveis pontos de reversão. O indicador se move entre os dois níveis e o ativo é considerado sobrecomprado caso se mova acima do nível de 70% e sobrevendido caso rompa o nível de 30%. De acordo com o indicador, quando o ativo atinge uma das áreas, o preço pode reverter e seguir na direção oposta. O IFR combinado com uma Média Móvel Simples e com o MACD formam uma estratégia de negociação muito popular.

Exemplo: o IFR mostra a Ethereum Classic na área de sobrevenda, uma reversão acontece logo depois

5. Oscilador Estocástico

Este indicador não segue o preço, mas segue a velocidade ou a dinâmica do preço. E, como regra, o ímpeto (momentum) muda de direção antes do preço. Portanto, este indicador pode ajudar os traders a encontrar pontos de reversão da tendência. Ele consiste em duas MMs (rápida e lenta) e duas linhas horizontais (níveis de sobrecompra e sobrevenda). Um sinal de compra, por exemplo, é recebido quando a linha azul está cruzando a linha vermelha para cima e quando as linhas se encontram abaixo do nível de sobrevenda e estão voltando para cima. Um exemplo de sinal de venda é quando a linha azul cruza a média móvel vermelha para baixo e quando as linhas se encontram na área de sobrecompra (acima de 80) e estão voltando para baixo.

Exemplo: o estocástico está emitindo um sinal de venda: as MMs se encontram na área de sobrecompra com a linha azul cruzando a vermelha para baixo

Todos os indicadores do artigo são usados com suas configurações padrão. Esses indicadores podem ser combinados entre si de acordo com seu tipo (indicadores de tendência podem ser combinados com osciladores). Observe que nenhum indicador pode fornecer resultados 100% corretos o tempo todo, portanto, uma estratégia de gerenciamento de riscos é sempre necessária.

À plataforma