6 min read 

A maioria dos traders já utilizou uma conta de demonstração em algum momento de suas vidas. Alguns deles tinham a curiosidade de experimentar o que é uma negociação antes de alocar fundos reais, outros gostariam de testar certas estratégias e aprimorar suas habilidades. Os traders geralmente são encorajados a negociar primeiramente em uma conta de demonstração, mas muitos deles encontram dificuldades em replicar seus resultados de negociação em uma conta real quando eles finalmente fazem a mudança. Diferenças psicológicas entre as duas podem ter como razão seus diferentes tipos.

1. Dinheiro real significa emoções reais

Quando não há dinheiro real envolvido, você se sente calmo e equilibrado, não importa se você ganha muito ou perde muito. No entanto, quando você muda para a conta real, você não arrisca mais fundos virtuais de demonstração, pois seu dinheiro está de fato em risco. Acontece que isso é o suficiente para deixar quase todo mundo nervoso e seus resultados de negociação menos consistentes.

Você provavelmente já ouviu falar que se livrar das emoções é essencial no caminho para se tornar um trader bem-sucedido. No entanto, é impossível para um ser humano comum se livrar de todas as suas emoções. Emoções em negociações tendem a levar a decisões e resultados abaixo do ideal.

2. Não há risco envolvido em negociar no modo de demonstração

Como já mencionado, o seu dinheiro não está em risco quando se trabalha com uma conta de demonstração. Não importa o quanto você ganhe ou perca, seu saldo ainda é apenas um número que você vê na tela.

Quando você finalmente muda para a conta real, no entanto, você pode se deparar com situações em que tem medo de fazer o que deve ser feito — entrar na negociação quando for a hora certa ou administrar perdas quando necessário — por medo de perder dinheiro. Erros sempre acontecem, mas na conta de demonstração eles não têm lá tanta importância.

3. Perpetuação de maus hábitos de negociação

É muito mais fácil ser vítima de seus maus hábitos de negociação ao trabalhar com a conta real. Uma vez mais, você não está tão envolvido emocionalmente ao trabalhar em uma conta demonstração. É, portanto, bem mais difícil manter a cabeça fria quando seu dinheiro real está em jogo. Você pode se ver repetindo os mesmos erros que você cometeu ao menos uma vez: mover o stop loss quando ele deveria ter ficado parado, esquecer-se de sua estratégia ou seu plano de negociação no meio de uma negociação.

O que fazer?

Agora, a parte mais importante. O que você deve fazer para compensar as diferenças entre os dois tipos de conta? A solução envolve um pouco de ginástica mental, mas é completamente viável. Tente copiar o estado mental que você tem quando está negociando na conta de demonstração: concentre-se no processo, não no resultado. Ao abrir a negociação, faça-o no momento certo e evite cometer erros que podem ser evitados. Ao fechar as negociações, certifique-se de fazê-lo de acordo com sua estratégia de negociação, não com as emoções.

Outra opção é manter seu diário de negociação. Anote todas as informações relacionadas à negociação, incluindo seu estado emocional e erros. Dessa forma, você terá mais facilidade em eliminar o comportamento indesejado ao longo do tempo.

Negocie agora